Conheça nossos cursos
Conheça nossos cursos

DireitoFAESA

Projeto Papel de Pai realiza ação em Vitória para reconhecimento de paternidade

FAESA

Acontece na FAESA

DireitoFAESA

Projeto Papel de Pai realiza ação em Vitória para reconhecimento de paternidade

Por Equipe FAESA em May 19, 2022 5:04:54 PM | 1 min de leitura

Começa no dia 19 de maio, o atendimento de crianças e adultos que queiram inserir o nome do pai na certidão de nascimento de forma totalmente gratuita. O projeto de extensão Papel de Pai, realizado pelo Centro de Pesquisa e Extensão (CEPE) da FAESA, promoveu ações nas escolas CMEI Terezinha Vasconcelos Salvador, no Romão, e CMEI Lidia Rocha Feitosa, em Bento Ferreira, para atender as mães, familiares de alunos, e pessoas da comunidade, que queiram dar o primeiro passo para ter a paternidade reconhecida.

Os atendimentos foram realizados em dois horários, em ambas as escolas, e aberto ao público. Na ocasião, foram feitas entrevistas e coleta de dados dos interessados para dar o primeiro passo no processo. A partir daí, o Núcleo de Práticas Jurídicas da FAESA (NPJ) entra em contato com os supostos pais indicados pelas mães e familiares, para informá-los da situação.

Caso o pai reconheça a paternidade voluntariamente, a família é encaminhada para realizar o registro de uma nova certidão em cartório, gratuitamente, com a assistência do NPJ. Se não houver um acordo amigável, o NPJ entra com ação de reconhecimento de paternidade junto ao Poder Judiciário.

Para o professor e coordenador do projeto, Flávio Barroca e Garcia, o Papel de Pai ajuda a transformar uma realidade muito comum no Brasil e contribui para a formação do profissional em Direito.

“Projetos como este permitem que os alunos reflitam a importância do diálogo e da solução pacífica dos conflitos como forma de aplicação do Direito, no caminho inverso da judicialização. Trazer o pai, dialogar, demonstrar a importância da paternidade tanto no aspecto relacional quanto civil, permite não somente o reconhecimento da paternidade, mas também o estreitamento do vínculo, fortalecendo os aspectos psicológicos e emocionais da criança, bem como promovendo a cidadania”, concluiu.

Quem não puder participar da ação nas escolas, mas tiver interesse em realizar reconhecimento da paternidade, seja por vínculo afetivo ou biológico, pode buscar atendimento no Núcleo de Prática Jurídica da FAESA pelo telefone 2122-4133 ou pelo e-mail: npj@faesa.br.

Clique no botão abaixo e confira a matéria na íntegra feita pelo jornal Bom Dia ES, da TV Gazeta:CONFIRA A REPORTAGEM COMPLETA

DireitoFAESA

Veja mais notícias da FAESA

Projeto da FAESA disponibiliza atendimento jurídico gratuito em casos de acusação e condenação injusta

Inspirado no Innocence Project, um projeto vitorioso e mundialmente conhecido que conseguiu absolver centenas de ...
1 min de leitura

Direito FAESA conquista o selo OAB Recomenda pela 3ª vez consecutiva

O curso de Direito da FAESA, que é o terceiro melhor do Brasil entre as particulares e conceito máximo em todos os ...
2 min de leitura

Professor de Direito da FAESA é citado em Acórdão do TJ-SP

O professor do curso de Direito, Dalton Santos Morais, teve uma de suas obras individuais citadas em um acórdão do ...
1 min de leitura
Ver mais conteúdossobre DireitoFAESA

Quer receber mais conteúdos? Deixe o seu e-mail:

Posts mais recentes