Conheça nossos cursos
Conheça nossos cursos

Arquitetura e Urbanismo

Construções Sustentáveis para um Futuro Melhor

FAESA

Blog

Arquitetura e Urbanismo

Construções Sustentáveis para um Futuro Melhor

Por Equipe FAESA em Sep 8, 2023 9:00:00 AM | 10 min de leitura

O avanço da consciência ambiental tem conduzido a uma mudança paradigmática em vários setores, sendo a construção civil um deles. Assim, mais do que nunca, é importante discutir sobre as construções sustentáveis e o seu papel na formação de um futuro melhor. 

Dessa forma, a construção sustentável incorpora práticas que reduzem os impactos negativos no meio ambiente durante o processo de construção e garantem edificações que consomem menos recursos, sem comprometer a eficiência ou o conforto. Metodologias dessas construções são projetadas com um olhar atento à sustentabilidade, tendendo a priorizar o uso de técnicas e materiais menos agressivos ao meio ambiente, além de buscarem a eficiência energética.

Convidamos você a descobrir como essas práticas, tanto de construção quanto de manutenção, podem contribuir para um futuro melhor. Ao longo deste artigo, você será introduzido ao conceito de construção sustentável, entenderá os benefícios que estas trazem para o meio ambiente e descobrirá como incentivam o uso eficiente de energia. 

Além disso, exploraremos tecnologias e materiais comumente utilizados nessas construções e apresentaremos exemplos de construções sustentáveis mundo afora. 

O que são construções sustentáveis

A construção sustentável é uma abordagem que busca minimizar o impacto ambiental das edificações, tanto durante sua construção quanto ao longo de sua vida útil. Essa prática busca integrar soluções que sejam mais amigáveis ​​ao meio ambiente, de forma a garantir um futuro melhor para as próximas gerações.

Princípios das construções sustentáveis

As construções sustentáveis são baseadas em alguns princípios fundamentais. Alguns dos principais são:

  • Planejamento adequado: Um projeto sustentável começa com um planejamento adequado, levando em consideração a localização, os recursos disponíveis e as necessidades dos usuários. Isso garante que todas as etapas da construção sejam bem planejadas e direcionadas para a sustentabilidade.
  • Uso consciente de materiais: As construções sustentáveis ​​optam por materiais de construção que tenham menor impacto ambiental, como aqueles produzidos com materiais reciclados ou provenientes de fontes renováveis. Além disso, o desperdício é minimizado através de um gerenciamento eficiente dos materiais utilizados.
  • Eficiência energética: A busca pela eficiência energética é um dos pilares das construções sustentáveis. Isso envolve a adoção de soluções que reduzam o consumo de energia, como isolamento térmico adequado, uso de energias renováveis ​​e sistemas inteligentes de controle de iluminação e climatização.
  • Qualidade ambiental interna: A qualidade do ambiente interno é fundamental para o bem-estar dos ocupantes. As construções sustentáveis ​​buscam garantir uma boa qualidade do ar, através de sistemas eficientes de ventilação e filtragem, além de considerar aspectos como iluminação natural e acústica.

Exemplos de construções sustentáveis

Existem diversos exemplos de construções sustentáveis ​​que podem servir de inspiração para projetos futuros. Alguns exemplos incluem:

  • Edifícios verdes: Edifícios que possuem certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) são considerados referência em sustentabilidade. Esses edifícios são projetados levando em consideração diversos aspectos, como eficiência energética, uso de materiais sustentáveis e preocupação com a qualidade do ambiente interno.
  • Casas ecológicas: As casas ecológicas incorporam soluções sustentáveis ​​desde o projeto até a construção e utilização. Elas podem incluir, por exemplo, sistemas de captação de água da chuva, energia renovável, eficiência energética, utilização de materiais reciclados e recuperação de águas cinzas.
  • Prédios comerciais sustentáveis: Muitas empresas estão adotando a construção sustentável como uma forma de reduzir seus impactos ambientais e melhorar sua imagem perante a sociedade. Prédios comerciais sustentáveis podem incluir estratégias como sistemas de energia solar, otimização do consumo de água e uso de materiais ecologicamente corretos.

Benefícios das construções sustentáveis para o meio ambiente

As construções sustentáveis se destacam como uma solução viável e necessária para enfrentar os desafios ambientais da atualidade. Com o objetivo de minimizar os impactos negativos ao meio ambiente, essas construções são projetadas de forma a serem mais eficientes energeticamente, utilizando materiais e recursos renováveis, além de adotarem práticas de redução, reutilização e reciclagem.

Economia de recursos naturais

Um dos principais benefícios das construções sustentáveis é a economia de recursos naturais. Ao utilizar materiais e recursos renováveis, como madeira certificada, painéis solares e sistemas de captação de água da chuva, essas construções reduzem a dependência de recursos não renováveis, como combustíveis fósseis e minerais em geral. Além disso, a redução do consumo energético também contribui para a preservação dos recursos naturais, uma vez que a produção de energia convencional geralmente envolve a queima de combustíveis fósseis, o que gera poluição e degradação do meio ambiente.

Eficiência energética

Outro benefício importante das construções sustentáveis é a eficiência energética. Essas construções são projetadas de forma a minimizar o consumo de energia, através do uso de isolamentos térmicos, sistemas de ventilação natural, janelas com vidros duplos, entre outros recursos. 

Além disso, a utilização de fontes de energia renováveis, como a energia solar e eólica, também contribui para reduzir a dependência de energia proveniente de fontes não renováveis. Com isso, além de contribuir para a preservação do meio ambiente, essas construções também geram economia financeira para os seus usuários, uma vez que reduzem os gastos com energia elétrica.

Melhoria da qualidade do ar

As construções sustentáveis também contribuem para a melhoria da qualidade do ar. Ao utilizar materiais de baixa emissão de poluentes, como tintas sem compostos orgânicos voláteis (COVs) e pisos que não emitem formaldeído, essas construções evitam a liberação de substâncias tóxicas no ambiente interno, proporcionando um ar mais saudável para os ocupantes. Além disso, essas construções também são projetadas para promover a ventilação natural, que contribui para a renovação do ar e a circulação de oxigênio, melhorando a qualidade do ambiente interno.

Redução do impacto ambiental

As construções sustentáveis têm um impacto ambiental significativamente menor do que as construções convencionais. Isso ocorre porque essas construções utilizam menos recursos naturais, geram menos resíduos durante a construção e utilizam materiais de menor impacto ambiental. Além disso, ao longo de sua vida útil, essas construções consomem menos energia e água, contribuindo para reduzir ainda mais o seu impacto ambiental. Assim, as construções sustentáveis podem ser consideradas uma alternativa mais sustentável e responsável para o desenvolvimento urbano.

Bem-estar dos ocupantes

Além dos benefícios diretos ao meio ambiente, as construções sustentáveis também trazem benefícios para o bem-estar dos ocupantes. Essas construções são projetadas de forma a oferecer maior conforto térmico e acústico, através do uso de isolamentos eficientes e janelas com isolamento acústico. Também, são projetadas para maximizar a entrada de luz natural, o que contribui para melhorar a qualidade do ambiente interno. Com isso, as construções sustentáveis proporcionam ambientes mais saudáveis e agradáveis para se viver e trabalhar.

Estímulo à inovação

Ao adotar práticas sustentáveis, como a utilização de materiais reciclados e recicláveis, a captação de água da chuva e o uso de fontes de energia renováveis, as construções sustentáveis demandam o desenvolvimento de novas tecnologias e isso contribui para a criação de um mercado mais competitivo, impulsionando o setor da construção a buscar soluções mais eficientes e menos impactantes ao meio ambiente.

Assim, as construções sustentáveis trazem uma série de benefícios tanto para o meio ambiente quanto para as pessoas envolvidas. Além de contribuírem para a preservação dos recursos naturais, essas construções também proporcionam economia de energia, melhoria da qualidade do ar, redução do impacto ambiental, bem-estar dos ocupantes e estímulo à inovação. 

Como as construções sustentáveis promovem a eficiência energética

A preocupação com o meio ambiente e a busca por soluções sustentáveis têm se tornado cada vez mais relevantes na sociedade atual. Nesse contexto, a eficiência energética é um tema que ganha destaque, principalmente quando falamos sobre construções sustentáveis.

Arquitetura e design de interiores eficientes

A arquitetura e o design de interiores desempenham um papel fundamental na promoção da eficiência energética de um edifício. Ao utilizar técnicas e materiais adequados, é possível reduzir o consumo de energia, tornando o espaço mais sustentável.

  • Utilização de materiais ecológicos e de baixa emissão de carbono, como madeira certificada, isolantes térmicos naturais e tintas livres de compostos orgânicos voláteis (COVs);
  • Projeto que aproveita ao máximo a luz natural, reduzindo assim a necessidade de iluminação artificial durante o dia;
  • Planejamento adequado da ventilação e climatização, permitindo que o edifício aproveite ao máximo os recursos naturais, como a brisa e a luz solar;
  • Uso de sistemas de automação que otimizam o consumo energético, ajustando-se às necessidades específicas de cada ambiente.

Eficiência energética na construção

Além dos aspectos relacionados à arquitetura e ao design, a própria construção do edifício pode promover a eficiência energética. Diversas técnicas e estratégias podem ser adotadas para reduzir o consumo energético durante essa etapa do processo.

  • Utilização de técnicas construtivas que minimizem o desperdício de materiais e a geração de resíduos;
  • Isolamento térmico adequado para evitar perdas de calor ou ganho excessivo de calor;
  • Incorporação de sistemas de energia renovável, como painéis solares fotovoltaicos, que contribuem para a produção de energia limpa;
  • Utilização de sistemas de captação e reuso da água da chuva, reduzindo assim o consumo de água potável;
  • Planejamento eficiente do espaço, evitando áreas desnecessárias e reduzindo o consumo energético relacionado à iluminação e climatização de espaços pouco utilizados.

Conscientização e mudança de paradigma

Para que as construções sustentáveis e a eficiência energética sejam amplamente adotadas, é importante promover a conscientização sobre os benefícios e disseminar práticas sustentáveis na área da construção civil. É necessário mudar o paradigma atual, em que a preocupação com a eficiência energética muitas vezes é deixada de lado em detrimento de outros aspectos.

  • Incentivos governamentais, como linhas de crédito com taxas de juros reduzidas para construções sustentáveis;
  • Educação e capacitação profissional, para que arquitetos, engenheiros e todos os envolvidos no setor da construção estejam aptos a planejar e executar projetos sustentáveis;
  • Divulgação de casos de sucesso e boas práticas, para inspirar outros profissionais e destacar os benefícios das construções sustentáveis.

Tecnologias e materiais utilizados em construções sustentáveis

As construções sustentáveis são uma resposta à necessidade de reduzir o impacto ambiental da indústria da construção civil. Essas construções buscam utilizar recursos de forma eficiente, minimizar a produção de resíduos e adotar soluções que sejam mais amigáveis ao meio ambiente.=. Neste tópico, exploraremos algumas das principais alternativas sustentáveis.

Materiais de construção sustentáveis

  • Madeira certificada: A madeira é um material tradicionalmente utilizado na construção, e sua versão sustentável é obtida por meio de certificações que garantem a legalidade e a origem responsável das árvores utilizadas. Além disso, a madeira é considerada uma opção mais sustentável do que outros materiais devido à sua capacidade de absorver carbono da atmosfera.
  • Blocos de terra comprimida: Esses blocos são fabricados a partir do solo, sem a necessidade de processos energeticamente intensivos. Além disso, eles são mais eficientes em termos de isolamento térmico e acústico, proporcionando um ambiente mais confortável e economizando energia com climatização.
  • Materiais reciclados: O uso de materiais reciclados, como concreto e vidro reciclados, reduz a demanda por recursos naturais e diminui a quantidade de resíduos enviados para aterros sanitários. Esses materiais podem ser reutilizados em diferentes etapas da construção, reduzindo o impacto ambiental.

Tecnologias sustentáveis na construção

  • Energias renováveis: A instalação de sistemas de captação de energia solar ou eólica é cada vez mais comum em construções sustentáveis. Estas tecnologias permitem a produção de energia limpa e reduzem a dependência de fontes não renováveis.
  • Telhados verdes: Os telhados verdes são uma solução eficiente para a gestão de águas pluviais e redução do calor nas construções. Além disso, eles proporcionam uma maior biodiversidade nas cidades e contribuem para a melhoria da qualidade do ar.
  • Sistemas de reuso de água: A escassez de água é um desafio global, e a adoção de sistemas de reuso de água nas construções sustentáveis é uma forma de enfrentar esse problema. Esses sistemas permitem a utilização da água de chuva, águas cinzas e outras fontes não potáveis para fins não potáveis, como a irrigação de jardins e descargas sanitárias.

Essas são apenas algumas das tecnologias e materiais utilizados em construções sustentáveis. À medida que a consciência ambiental aumenta e a busca por soluções sustentáveis se torna mais importante, é provável que mais inovações surjam na indústria da construção civil. 

Exemplos de construções sustentáveis ao redor do mundo

Ao redor do mundo, diversas construções sustentáveis têm se destacado como exemplos inspiradores de como é possível construir um futuro mais sustentável. Essas construções inovadoras combinam eficiência energética, uso de materiais ecologicamente corretos e soluções inteligentes para minimizar o impacto ambiental. Conheça alguns desses exemplos:

1. One Angel Square, Manchester, Reino Unido

O One Angel Square, localizado em Manchester, é um exemplo de construção que abraça a sustentabilidade em todos os aspectos. Projetado para ser eficiente em termos de energia, o edifício possui um sistema de ventilação baseado em termoventiladores que minimiza o consumo de energia. 

Além disso, o design arquitetônico permite a máxima utilização da luz natural, reduzindo assim a necessidade de iluminação artificial. O edifício também utiliza painéis solares para geração de energia renovável, contribuindo para a redução das emissões de CO2.

2. Biblioteca Pública de Seattle, Estados Unidos

O edifício foi projetado para maximizar a eficiência energética, utilizando painéis solares para geração de energia renovável. Também, a biblioteca possui um sistema de coleta de água da chuva, que é utilizado para irrigação e descarga dos vasos sanitários. O uso de materiais de construção reciclados e de baixo impacto ambiental também está presente nesse projeto, tornando-o um exemplo de sustentabilidade na construção civil.

3. Diamond Building, University of Sheffield, Reino Unido

Projetado para ser energeticamente eficiente, o edifício utiliza estratégias de sustentabilidade passivas, como isolamento térmico de alta qualidade e uso de vidros duplos para minimizar a perda de calor. Além disso, o edifício possui um sistema de ventilação natural, que reduz a necessidade de ar-condicionado. A utilização de materiais de construção sustentáveis, como madeira proveniente de fontes certificadas, também é uma característica desse projeto.

4. Shanghai Tower, China

A Shanghai Tower é um exemplo impressionante de construção sustentável na China. Além de ser uma das estruturas mais altas do mundo, o edifício foi projetado para ser altamente eficiente em termos de energia. Utiliza painéis solares para geração de energia renovável e possui sistemas avançados de ventilação e isolamento térmico. O edifício também incorpora estratégias de reutilização de água, como o tratamento de águas cinzas e o uso de água da chuva para irrigação. Essas inovações fazem da Shanghai Tower um ícone da sustentabilidade na construção.

5. Bosco Verticale, Milão, Itália

O Bosco Verticale, em Milão, é um projeto arquitetônico que se destaca pela sua abordagem sustentável. Consiste em duas torres que abrigam centenas de árvores, proporcionando benefícios ambientais, como a melhoria da qualidade do ar e o aumento da biodiversidade urbana. Além disso, as árvores atuam como isolamento térmico natural, reduzindo a necessidade de aquecimento e refrigeração artificiais. Esse projeto exemplar mostra como é possível integrar a natureza à arquitetura, criando uma cidade mais sustentável.

Esses exemplos de construções sustentáveis ao redor do mundo ilustram a importância de considerar critérios ambientais e sociais na concepção de edifícios. A adoção de práticas sustentáveis na construção civil é fundamental para a criação de um futuro melhor, que seja ecologicamente equilibrado e resiliente. 

Certamente, a sustentabilidade é um tema primordial nos dias atuais. Por isso, as construções sustentáveis representam uma grande contribuição para este propósito. 

Assim, estando alinhadas com a preservação do meio ambiente e melhor aproveitamento de recursos, estas edificações são exemplos práticos de como podemos promover a transformação que nosso futuro necessita, não apenas em termos ecológicos, mas também na impulsão de uma economia circular e inclusiva.

Arquitetura e Urbanismo

Veja mais conteúdos da UMC sobre EAD e educação

Curso de Arquitetura e Urbanismo: como é, grade curricular e mais!

Em meio a uma gama vasta de opções na área da educação, o Curso de Arquitetura e Urbanismo se destaca. Este curso, que ...
8 min de leitura

Explorando os Estilos Arquitetônicos

Convidamos você para uma jornada guiada pela fascinante paisagem dos estilos arquitetônicos do mundo. Mergulhamos na ...
8 min de leitura

Arquiteto e urbanista: quanto ganha, onde atuar e mais!

No universo profissional, a atuação do arquiteto e urbanista é absolutamente indispensável, e não só na concepção de ...
9 min de leitura
Ver mais conteúdossobre Arquitetura e Urbanismo