Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Muita prática em laboratórios de ponta e parcerias de peso com empresas como Microsoft, IBM, Oracle e SAP fazem nosso tecnólogo se diferenciar no mercado.

Análise e Des. de Sistema

Com a preocupação de formar um aluno capaz de acompanhar a evolução da área de Tecnologia da Informação (TI), a FAESA investe na atualização constante de seus laboratórios e em parcerias com grandes empresas mundiais, como a Microsoft que sediou em nosso campus o seu único Centro de Inovação no estado.

Duração: 2.5 anos
Modalidade: Presencial
Turno: Noturno
Formação: Tecnologia
Regime: Semestral
Mensalidade 2017:
VER MENSALIDADE R$ 755,00
Horário das aulas:

Noturno: 18h45 às 22h
*Podendo sofrer alterações conforme estrutura curricular.

Reconhecimento renovado pela Portaria n.° 286 de 21/12/2012 publicada no DOU em 27/12/2012

parceiros


  • O curso
  • Professores
  • Disciplinas
  • Inovação Pedagógica
  • Infraestrutura

O curso

Especialista em criar sistemas informatizados, este tecnólogo analisa, projeta, documenta, especifica, testa, implanta e mantém sistemas computacionais de informação que podem melhorar a capacidade e a velocidade das máquinas e, portanto, tornar os sistemas mais eficientes.

Há espaço para esses profissionais em empresas de variados setores, além das de TI e Telecomunicações, que são as mais frequentes empregadoras. Atenta às necessidades do mercado, a FAESA, investe em uma formação diferenciada, apostando em laboratórios de alto nível e em parcerias com grandes empresas, como a IBM e a Microsoft, além de programas de treinamento oferecidos por empresas por meio do Programa Radar de Talentos, que faz uma ponte estreita com o mercado de trabalho. Ações como essas, que possibilitam o desenvolvimento de habilidades e aproximam o aluno da realidade do mercado, têm gerando alta empregabilidade.

COORDENADOR(A)

Prof. Rober Marcone Rosi

Mestre

Fale com a coordenação: rober.marcone@faesa.br


  • Área de Atuação
  • Perfil Profissional
  • Mercado de Trabalho

Mesmo em anos de crise, a área de Tecnologia da Informação (TI) é uma das menos impactadas e em alguns setores tende a crescer, pois é vista como uma área que pode gerar, para o ambiente corporativo, ganho de produtividade, eficiência operacional ou redução de custos. O setor de TI simplesmente não pode parar, pois o mundo que conhecemos hoje gira em torno de dados, sistemas e soluções de controle, gestão, performance, mobilidade, cobrança, transações correntes, conectividade, entre outras diversas demandas que são tratadas pela TI.

 

O tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas analisa, projeta, documenta, especifica, testa, implanta e mantém sistemas computacionais de informação. Esse profissional trabalha, também, com ferramentas computacionais, equipamentos de informática e metodologia de projetos na produção de sistemas. Raciocínio lógico, emprego de linguagens de programação e de metodologias de construção de projetos, preocupação com a qualidade, usabilidade, robustez, integridade e segurança de programas computacionais são fundamentais à atuação desse profissional.

A demanda por profissionais no mercado de informática está sempre em alta. Com uma formação mais específica sobre Análise e Desenvolvimento de Sistemas, o tecnólogo formado neste curso chega mais rápido ao mercado de trabalho.

Poderá atuar em empresas privadas ou públicas, em organizações de TI, empresas prestadoras de serviços ou em departamentos internos que desenvolvam sistemas para as organizações; poderá também atuar na análise e projeto de sistemas, na operação e programação de computadores, na manipulação e transformação de dados, no gerenciamento de projetos de softwares, na análise de requisitos, como programador de software e testador de software. O curso capacita também seus alunos para o uso de banco de dados e na programação de sistemas web.

Entre suas atividades estão análise, projeto, especificação, documentação, teste, implementação e manutenção dos sistemas computacionais de informação. Para tanto, utiliza conhecimentos técnicos, organizacionais e comportamentais, voltados para análise e desenvolvimento eficientes e adequados de sistemas de informação.

Gasto de TI no Brasil, 2006 – 2016 (Milhões de R$)

Alex Sandro Barreto Rodrigues Especialista
Anderson Silva Vaccari Mestre
Denise Franzotti Togneri Mestre
Eliana Caus Sampaio Mestre
Gilberto Neves Sudré Especialista
Gustavo Lobo Veríssimo Especialista
Marcelo Marcos Barbosa Mestre
Olga Helena Pauletti Tovar Mestre
Otávio Lube dos Santos Mestre
Rafael Paoliello Guimarães Doutor
Ralf Luiz De Moura Mestre
Renata Cristina Laranja Leite Mestre
Suzi Lara Werner Mestre
Victor Marques Miranda Mestre
Vinicius De Freitas Soares Mestre

1º Período

  • Introdução à Computação
  • Fundamentos de Sistemas de Informação
  • Algoritmo I
  • Organização do Trabalho Científico
  • Introdução às Ciências Sociais
  • Processo de Negócios

2º Período

  • Organização e Arquitetura de Computadores
  • Algorítmo II
  • Organização, Sistemas e Métodos
  • Comunicação de Dados e Redes de Computadores
  • Engenharia de Software

3º Período

  • Análise e Projeto de Sistemas I
  • Engenharia de Requisitos
  • Sistemas Operacionais
  • Linguagem de Programação
  • Sistemas Multimídia

4º Período

  • Bancos de Dados
  • Desenvolvimento de Aplicações Web I
  • Qualidade de Software e da Informação
  • Probabilidade e Estatística
  • Sistemas Distribuídos
  • Análise e Projeto de Sistemas II

5º Período

  • Segurança e Auditoria de Sistemas
  • Governança de TI
  • Direito Aplicado
  • Interface Homem-Computador
  • Desenvolvimento de Aplicações Web II
  • Gerência de Projetos

A inovação pode ser entendida como um conjunto de intervenções, decisões e processos que, com certo grau de intencionalidade e sistematização, alteram atitudes, culturas, ideias, conteúdos, modelos e práticas.

Aplicando-se este conceito à educação, é pertinente considerar que as inovações pedagógicas buscam novas formas para promoverem a elaboração e a administração do currículo, das relações em sala de aula e do espaço escolar, de forma diferenciada, por meio de uma perspectiva renovadora de programas e projetos, materiais curriculares, estratégias de ensino e aprendizagem, modelos didáticos, visando à construção dos conhecimentos socialmente relevantes, que permitam o desenvolvimento de uma nova formação mais compreensiva e integral dos alunos.

SAIBA MAIS

O Núcleo de Aplicações Tecnológicas (NAT) oferece um conjunto de 14 laboratórios de informática climatizados, com Datashow individualizado por laboratório e computadores de marcas renomadas. Dispõe de diversificado conjunto de software de apoio ao ensino de computação. Há também a oferta de laboratórios especializados como, por exemplo, o laboratório que atende à disciplina de Circuitos Digitais, o laboratório de Redes Industriais, entre outros.

Parceiros: (logo de cada um deles)

Por meio do Programa de Parceria Estratégica, a FAESA alinha-se com empresas líderes e inovadoras da área de TI. Os maiores e mais relevantes players globais nos apoiam com conteúdo, tecnologia e na integração entre o ambiente empresarial e o mundo acadêmico, permitindo acesso exclusivo a softwares, certificações e outros serviços. Conheça melhor o trabalho desenvolvido por cada um deles no tópico Projetos.

Microsoft:  único centro de inovação da Microsoft no Espírito Santo.

SAP: SAP University Alliances é um programa global do qual participam mais de 2.400 instituições em mais de 90 países, que visa a formulação do futuro do ensino superior.

IBM Academic Initiative: é um programa de aprimoramento técnico e de acesso gratuito com o apoio de ferramentas, softwares IBM, materiais didáticos e incentivo a certificações.

Oracle Academy: instituição educacional que fornece recursos de aprendizado em tecnologia mundialmente reconhecida.