Reta final de estudos: o que priorizar?


Publicado em: 2 de novembro de 2018

Chegou aquela fase pré-prova em que fica difícil não pensar em outra coisa que não a contagem regressiva para o dia do exame, a cada instante mais próximo. É normal que a ansiedade aumente na reta final, mas além de controlá-la (veja aqui algumas dicas para manter a tranquilidade), nessa fase é indicado fazer algumas adaptações nos estudos, especialmente para quem andou pegando pesado no ritmo – ninguém quer chegar para as provas cansado física ou mentalmente, e muito menos com dificuldade de concentração, certo?

Estabelecer um plano com base nos dias disponíveis é uma boa forma de manter sua rotina organizada, com consciência do que é possível fazer com o tempo que se tem. Na hora de se planejar, considere as dicas a seguir!

– Divida os conteúdos

Ter um cronograma diário pode facilitar bastante a administração do conteúdo na reta final dos estudos. Você pode mesclar diferentes matérias por dia, mas é recomendado iniciar a rotina com as áreas de maior dificuldade, para aproveitar a mente fresca e dedicar mais atenção, partindo em seguida para disciplinas que já estejam mais esclarecidas. Treinar a redação também é tarefa semanal! Não negligencie a realização de pelo menos uma redação por semana e o estudo dos temas de provas anteriores, para treinar com base no que costuma cair.

– Foco na revisão

Se você andou se preparando para as provas, já estudou os conteúdos principais e os mais complexos no decorrer do ano. Claro que não dá tempo de priorizar tudo, mas a reta final já não é mais hora de tirar atrasos ou pegar muitos conteúdos novos. Em lugar disso, foca na revisão! Retome os conteúdos já vistos para que fiquem mais frescos na memória e, ainda, para encontrar dúvidas que restaram. Os resumos feitos enquanto via as matérias serão muito úteis nessa hora; mas caso não os tenha feito, você pode optar por rever os principais assuntos e fazer os resumos como forma de guardar as informações.

– Treine com exercícios

Uma boa forma de testar se seus conhecimentos sobre uma matéria estão em dia é praticando com exercícios, especialmente de exames anteriores da prova que for fazer. Essa prática permite que você se familiarize com o formato das questões e ainda identifique fórmulas ou assuntos em que restaram dúvidas, e aí fica fácil: é só retomar aquele estudo específico para esclarecer as dificuldades.

– Evite desgastes

Não há um número de horas exato para dedicar às revisões, já que o ritmo de estudos é sempre bastante individual. Mas nesse momento, procure ficar ainda mais atento aos seus limites para não se desgastar com excesso de informação de muitas matérias ao mesmo tempo, o que pode ser comum devido à ansiedade e sensação de atraso. Mantenha sua rotina de estudos somente até onde sinta que está rendendo e lembre-se de mesclá-la com atividades de distração e ao ar livre. Na semana dos exames, considere diminuir o ritmo, priorizando os treinos de tempo para resolução dos exercícios, o que ajuda a se planejar para a execução do exame.

A reta final também é a hora de ajustar a rotina já pensando nos horários das provas que for realizar. Por exemplo, se por conta dos estudos você entrou noites adentro, é preciso reacostumar o metabolismo a dormir mais cedo para acordar bem no horário oficial dos exames. Pode parecer besteira, mas isso faz toda a diferença! Seu organismo se acostuma à rotina e o sono tem total relação com um bom rendimento.

Acima de tudo, lembre de manter o foco e o equilíbrio emocional para chegar ao dia de sua prova de vestibular ou Enem tranquilo e disposto!


Notícias Relacionadas