Quinta dos Idosos vai beneficiar Asilo de Vitória

Doe amor, carinho, biscoitos e fraldas para o Asilo de Vitória.


Publicado em: 8 de agosto de 2018

A Maratona Solidária começou na segunda-feira e, durante quatro dias, alunos e funcionários do Campus Vitória puderam participar de uma competição em que cada doação acumula pontos. Quem conseguir a maior pontuação leva o prêmio máximo na sexta, dia 10. A quantidade mínima de pontos e a lista oficial de itens a serem doados já foram divulgados e podem ser doados até amanhã, último dia da Maratona.

O principal objetivo dessa competição é ajudar instituições que trabalham em prol de causas sociais. Nessa semana, várias organizações participaram da Maratona Solidária para incentivar as pessoas a beneficiarem cada vez mais causas como essas. A FAESA já faz algumas ações no Asilo de Vitória, como o Projeto Lumiar, em que as crianças conhecem os idosos de lá, e como alguns projetos do curso de Odontologia da FAESA, que atendem idosos do entorno.

Amanhã, sendo o último dia da Maratona Solidária FAESA 2018, quem vai receber as doações de biscoitos (apenas os biscoitos de água e sal, maizena e cream cracker) e fraldas geriátricas dos alunos e funcionários da Instituição são os idosos do Asilo de Vitória.

via GIPHY

 

Asilo de Vitória

Fundado em 1940 com o nome Sociedade de Assistência à Velhice Desamparada, o Asilo dos Idosos de Vitória tem como objetivo principal proteger e dar assistência moral e material aos idosos que ali residem em regime de internato, ou seja, moram no Asilo de Vitória e recebem visitas de familiares e amigos em dias específicos.

No início, os voluntários que trabalhavam no Asilo costumavam fazer visitas domiciliares até receberem a doação de um terreno grande na Ilha de Monte Belo para construírem um imóvel, que abrigava 17 idosos. Após várias reformas ao longo dos anos, o único prédio foi ampliado e adaptado para que o número de idosos atendidos pelo Asilo fosse maior. Hoje, o local atende cerca de noventa pessoas da terceira idade e lá trabalham funcionários e voluntários.

O que os voluntários fazem, seguindo o Estatuto do Idoso, é prestar assistência social integrada a pessoas da terceira idade, estabelecendo formas de independência e integração, e também buscam realizar serviços de manutenção, ampliando-os de acordo com as necessidades dos idosos e sob a fiscalização dos órgãos competentes.

Além de contar com a participação de órgãos públicos para dar a devida atenção aos idosos, o Asilo de Vitória conta com o apoio da população. Nem sempre quem mora no local recebe visitas dos familiares, então alguns idosos podem se sentir abandonados. Sempre que possível, é importante que as pessoas que moram no entorno possam visitar e procurar saber o que o Asilo está precisando para ser doado em uma próxima visita.

Quem já fez uma visita aos idosos do Asilo de Vitória foram os alunos Dinei RamosIures Wagmaker, Rodrigo Netizl e Sheyla Rodrigues, e aproveitaram o encontro para fazer uma matéria e informar, para quem quiser conhecer, como é a rotina dos idosos no Asilo que fica de frente para a entrada da FAESA (para quem sobe pelo morro).

Foi no Asilo dos Idosos de Vitória que a professora Zanete Dadalto, com a ajuda de alunos de Jornalismo, montaram árvores de Natal em dezembro do ano passado. Os universitários se juntaram para cantar, tocar e encantar os idosos com a visita, que foi muito satisfatória para todos que estavam lá. A montagem da árvore de Natal faz parte do projeto Natal FAESA, do Projeto Lumiar, que vai até o Asilo com crianças para presentear os mais velhos.

Doações para a Quinta dos Idosos

Nesta quinta-feira, os Anjos FAESA estarão recebendo especialmente fraldas geriátricas e biscoitos (lembrando que são apenas os biscoitos de água e sal, maizena e cream cracker), mas todos os itens da lista oficial de doações da Maratona Solidária podem ser recebidos. Amanhã é o último dia da competição e os ganhadores serão divulgados na sexta-feira, dia 10 de agosto, quando se comemora o Dia do Estudante.

 

Texto por Carol Salarini


Notícias Relacionadas