Professores participam do 1º curso de Formação em Docência no Ensino Superior


Publicado em: 12 de abril de 2017

“Eu quero desaprender para aprender de novo. Raspar as tintas com que me pintaram. Desencaixotar emoções, recuperar sentidos”. A frase do escritor e educador Rubem Alves, além de muito atual, reflete bem o momento em que a FAESA Centro Universitário está vivendo, de transformação e quebra de paradigmas. De repensar a educação e do fazer da sala da aula, com a oferta do Curso de Formação em Docência no Ensino Superior – Metodologia Aula FAESA.

O Curso, que teve início no último dia 08, é uma especialização semipresencial ofertada pela PÓS-FAESA e que possibilitará aos professores da instituição um aprimoramento da prática docente, em um cenário cada vez mais desafiador para a educação.

Para essa primeira edição a demanda superou as expectativas e a turma, que a princípio seria formada por 40 professores, hoje possui 52 docentes, além de 11 coordenadores e 14 assistentes de coordenação.

O curso tem como base o conceito da Aula FAESA, um método inovador que compreende o Diagnóstico, a Experimentação e a Tecnologia e coloca o aluno como protagonista do seu processo de ensino e aprendizagem. E é um convite à reflexão sobre a necessidade de mudança na concepção da aprendizagem e no fazer da sala de aula.

A abertura do curso foi feita pelo nosso Reitor, professor Alexandre Nunes Theodoro, que deu as boas-vindas aos participantes e explicou os objetivos do curso.

“O objetivo é trazer para os nossos professores um curso que possa trabalhar a inclusão, o planejamento, a avaliação, a metodologia ativa e as tecnologias, tudo isso alinhado a Aula FAESA, que é um projeto que estamos desenvolvendo desde 2014. Hoje começamos um piloto, com uma turma expressiva de professores e tenho convicção de que é um curso que irá mudar nossa sala de aula e a prática docente dos nossos professores”, adiantou.

Primeiro módulo

O primeiro, dos seis módulos que compõem o curso, teve como temática a Inclusão e a convidada para falar foi a Mestre em Psicologia Social e do Desenvolvimento, professora Andreia Ferreira Dias.

“A intenção é trabalhar aspectos afetivos, atitudes e a forma como eu me porto diante daquilo que é diferente. Porque o que observamos na prática, é que dentre tantas barreiras para a inclusão, uma das mais importantes é a barreira atitudinal. Embora eu tenha conhecimento da Lei, embora existam políticas públicas e existam projetos de inclusão, se as pessoas não acreditarem e não mudarem suas concepções à respeito dessa temática, não adianta ter um projeto que acabará não emplacado, por conta dessa diferença entre o pensar e o agir”, exemplificou.

Para a assessora pedagógica da FAESA e coordenadora do curso, Roseane Sobrinho Braga, os professores vivem um desafio diário em sala de aula e a temática do módulo I atende as necessidades e interesses de todos os envolvidos.
“As temáticas que compõem o curso foram apontadas pelos próprios professores, pelos coordenadores de curso e confirmadas por nossas observações no trabalho de acompanhamento ao docente. Nós iniciamos com o módulo da inclusão, porque esse módulo vem ao encontro do nosso primeiro pilar da Aula FAESA, que é a personalização. Hoje nós estamos com esse grupo discutindo sobre como atender as diferentes demandas que esse nosso aluno de hoje, traz para a sala de aula”, ponderou Roseane.

Programa

Com uma carga horária de 230 horas, estruturadas em módulos e na modalidade semipresencial, os cursistas farão entregas das atividades propostas de acordo com os prazos informados no cronograma de atividades. As aulas presenciais serão quinzenais e realizadas sempre aos sábados.

Depoimentos

“Eu achei a proposta do curso muito interessante, pelo fato de que atualmente nós temos encontrado muita variedade de problemática na sala de aula, com vários perfis de alunos que entram com níveis sociais, culturais até do próprio saber, muito diversos. Então eu achei uma oportunidade interessante para que eu me reciclasse e me preparasse melhor para atender essa diversidade toda que tem aparecido”.
Josué Vasconcelos, professor do curso de Design de Moda da FAESA.

 


“Estou há 21 anos na FAESA e a inovação aqui é permanente. Esse curso é uma forma muito louvável da Instituição de apresentar aos docentes uma formação e qualificação para essa forma tão ativa que é a sala de aula. Hoje o tema da inclusão é fundamental para trazer os professores a um novo tempo, que é na verdade a relação que a FAESA cria com a sociedade.
Aloisio Fritzen, professor diferentes cursos da FAESA.

 

Confira as fotos do 1º módulo:

Texto: Nathália Esteves
Fotos: Sthefania Rodrigues