Professor FAESA recebe premiação no maior congresso de Administração do Brasil

Professor Ralf Luis de Moura, recebeu o prêmio do EnANPAD


Publicado em: 20 de novembro de 2018

Na FAESA, a conquista dos professores também é a nossa conquista. No mês de outubro, a comemoração veio por meio do reconhecimento da excelência do trabalho executado pelo professor Ralf Luis de Moura, das unidades de Engenharia e Computação da FAESA, em artigo apresentado no XLII EnANPAD 2018, o Encontro da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Administração, realizado entre os dias 03 e 06 do últimos mês em Curitiba/PR. Trata-se do maior congresso de Administração do Brasil e o segundo maior do mundo, voltado para pesquisadores como grandes professores e doutores espalhados pelo país.

Agregando temas de interesse da área de Administração e afins, o EnANPAD está organizado em onze divisões acadêmicas, que recebem a inscrição de trabalhos teórico-empíricos, ensaios teóricos, casos para ensino e artigos tecnológicos, a serem submetidos à avaliação e premiação por cada divisão. O artigo científico Impactos dos Mecanismos de Coordenação Baseados em Padronização no Desempenho de Projetos”, do professor Ralf Luis de Moura, recebeu a premiação de melhor artigo na categoria Gestão de Operações e Logística. A escolha dos onze premiados se deu depois da análise de cerca de 3.000 trabalhos submetidos, dos quais foram pré-selecionados 1.385 textos até chegar à decisão final, que reconhece a qualidade dos materiais apresentados e facilita ainda o processo de publicação nos principais periódicos da área no país.

Como conta o professor Ralf, o trabalho apresentado está intimamente ligado à sua linha de pesquisa no doutorado em andamento na área de Administração, que engloba Estratégia, Inovação e Desempenho Organizacional, e “discorre basicamente sobre formas de coordenar as atividades em projetos, em prol de melhorar o desempenho e obter o sucesso desejado”. Para abordar a temática com precisão, Ralf explica que foi necessário realizar uma pesquisa empírica com 216 gerentes de projetos. “Compilei esses dados e cheguei a algumas conclusões a partir das informações obtidas, tornando possível identificar quais são as melhores formas de aplicar o que chamo de mecanismos de coordenação para garantir o bom desempenho dos projetos”, esclarece. Os resultados mostraram que a padronização de processos de trabalho tem efeito significativo no desempenho dos projetos e que sua efetividade é maior em projetos menores e quando o ambiente externo é estável ou o sistema técnico pouco complexo.

Além da importância curricular e acadêmica da premiação de um trabalho científico, no sentido de acrescentar ao currículo o reconhecimento por meio de uma associação que desenvolve um consistente trabalho na promoção do ensino, pesquisa e produção de conhecimento dentro do campo das ciências administrativas e correlatas, a premiação representa ainda um incentivo e uma confirmação do trabalho dedicado tanto para o artigo quanto no andamento do doutorado. “Desenvolver um estudo científico, apresentá-lo e ganhar um prêmio é uma coroação de todo o trabalho que está sendo feito, e por isso um motivo de orgulho muito grande”, celebra o professor. Diante de tamanha dedicação e sucesso, há mesmo muitos motivos para comemorar!


Notícias Relacionadas