Pós-graduação ou MBA? Qual a diferença e qual devo fazer?


Publicado em: 27 de fevereiro de 2019

Capacitação profissional é uma caminhada daquelas que dificilmente se vê o fim. A graduação, o primeiro passo para a obtenção dos conhecimentos necessários para atuar na área escolhida, representa um marco importante profissionalmente, para o qual o mercado está ligado quando busca um funcionário competente para compor um time. No entanto, hoje já é um consenso considerar o diploma de graduação um “pré-requisito” para quem deseja uma boa colocação. O que se busca, cada vez mais, são os profissionais que se especializam em suas áreas de interesse, mantendo o interesse pelo aprendizado. Por esse motivo, currículos com capacitações além da formação têm sido a bola da vez – acesse nosso post “Por que a Pós-graduação passou a ser OBRIGATÓRIA?” para entender a importância de uma especialização.

Portanto, um curso de especialização pode representar um salto na carreira, motivo pelo qual os profissionais logo percebem a importância de dedicar um tempo para continuar os estudos. Escolher o caminho ideal, no entanto, pode ser um desafio à parte. Primeiro porque com uma simples pesquisa, encontram-se centenas de opções dentro do universo de interesse, e pode ser difícil saber exatamente qual a área específica mais interessante para cada objetivo profissional. Segundo porque a pesquisa demonstra também que há diferentes nomenclaturas possíveis para uma pós-graduação – é comum gerar uma confusão entre elas. MBA, pós-graduação, especialização… Qual a diferença entre as nomenclaturas e qual a opção ideal para mim?

Se alguma dessas dúvidas tem pairado por aí, acompanhe uma explicação bem simples sobre como elas se relacionam e diferenciam:

  • Pós-graduação

O termo pós-graduação é o que engloba, de maneira geral, todos os cursos que sucedem a graduação, seja uma especialização, um mestrado ou um doutorado.

No entanto, há dois tipos de pós-graduação, que atendem a objetivos diferentes: a lato sensu e a stricto sensu. A primeira diz respeito aos programas de especialização e inclui também os cursos conhecidos como MBA (Master Business Administration). As pós-graduações lato sensu têm como principal característica um foco no aperfeiçoamento do aluno no aspecto profissional, trabalhando habilidades direcionadas para o mercado de trabalho.

Já o termo stricto sensu se refere às pós-graduações voltadas para o aspecto acadêmico, englobando os programas de mestrado e doutorado. Por conta da sua especificidade, é indicada para quem deseja trabalhar na área de pesquisa ou dando aulas.

  • Qual a diferença entre uma especialização e um MBA?

Vimos, portanto, que quem está buscando melhor capacitação para se diferenciar no mercado de trabalho deve voltar os interesses para uma pós-graduação lato sensu. Como saber escolher entre uma especialização ou um MBA?

Até pouco tempo, quase não se falava em MBA no Brasil, mas o termo já era utilizado e difundido lá fora, principalmente nos Estados Unidos. Atualmente, os cursos de Master Business Administration (ou MBA, como conhecemos) estão bem mais popularizados, mas muita gente ainda tem dúvida sobre quando é indicado buscá-lo.

É simples: os cursos de MBA têm o mesmo “peso” de uma especialização, porém com um foco mais específico, que é a área corporativa, de gestão empresarial ou negócios – daí a sigla que inclui o termo “Business” (“Negócios”). Por conta do seu direcionamento, o MBA é muito indicado para quem almeja ou já ocupa cargos de gerência e liderança dentro de uma empresa.

Por exemplo, uma pessoa formada no curso de Publicidade e Propaganda que deseja desenvolver habilidades para atuar em cargos de gestão em sua área poderá se encontrar num MBA em Marketing e Inovação. No entanto, esse mesmo curso pode ser indicado também para profissionais de outras áreas que desejem inserir conhecimentos e estratégias de marketing em seus negócios, já que uma especialização também pode atender a este objetivo de capacitação em uma área útil a de atuação do profissional.

Já uma especialização traz um aprofundamento também em outras áreas, para quem deseja focar sua atuação de modo mais direto em determinadas atividades. O curso trará novas competências, voltadas para a aplicação prática, que têm o potencial de fazer com que o profissional cresça na carreira e se apresente de maneira mais capacitada num trabalho. Mais um exemplo: pensemos em alguém formado em um dos cursos de Engenharia que tenha interesse em direcionar sua carreira para as novas profissões que estão surgindo no mercado, que conectam cada vez mais tecnologia e informação. Uma pós-graduação em Data Science será um grande passo para enriquecer seu currículo, demonstrando para qualquer recrutador seu interesse específico e a capacidade em atuar com análise de dados para tomada de decisão, por exemplo.

Tomar a decisão de investir na carreira por meio de uma pós-graduação com certeza trará resultados que serão sentidos tanto no desenvolvimento pessoal quanto profissional – a começar pelas oportunidades no mercado! Agora, é o momento de pesquisar os cursos disponíveis dentro de sua área de interesse e escolher uma instituição séria e creditada, capaz de oferecer os conhecimentos que precisa para ser um profissional de excelência.

Ficou mais claro como encontrar a pós-graduação ideal para você?

Conheça todos os cursos de Especialização e MBA da FAESA.

Tags:

Notícias Relacionadas