Gestão de conflitos e mudanças no mundo corporativo são temas de palestras na Pós-FAESA

O uso das tecnologias, as diferenças entre as pessoas e tantas outras transformações têm impactado o mundo corporativo.


Publicado em: 11 de julho de 2018

O uso das tecnologias, as diferenças entre as pessoas e tantas outras transformações têm impactado o mundo corporativo. E para acompanhar essas mudanças, os gestores precisam estar antenados e preparados para enfrenta-las.

Atenta a essas mudanças a professora Cynthia Molina, na disciplina Liderança e Gestão de Equipes, tem preparado seus alunos dos MBAs em Gestão Estratégica de Pessoas e em Gestão Empresarial para superar esses desafios. No dia 07 de julho, convidou duas profissionais para conversar com os estudantes sobre as transformações que vêm acontecendo. A primeira foi a coach e consultora de gestão de conflitos, Gislene Ataíde e a outra foi a executiva da startup AEVO, Tatina Aleixo Sobreira.

“A vinda da Gislene foi para falar de gestão de conflitos. Ela trouxe algumas dinâmicas para propiciar aos nossos alunos o autoconhecimento. Se você se conhece, passa a entender o outro também, e entendendo como é o outro, praticando a empatia, fortalecendo suas fragilidades e reafirmando o que tem de melhor estará mais preparado para gerir um conflito. Ela fez um teste de personalidade para que os alunos pudessem se descobrir e trabalhar suas características positivas e negativas”, explica a professora Cynthia.

De acordo com a consultora de gestão de conflitos, compartilhar o que pode ser mais leve, suave e amoroso na vida das pessoas, é o que verdadeiramente favorece as nossas conexões e também possibilita mais relacionamentos saudáveis em nosso dia a dia, seja pessoal ou profissional.

“O encontro fez todo o sentido para mim, tanto pela oportunidade de vivenciar ricas trocas com os alunos da FAESA,

quanto pelo acolhimento, atenção e carinho que recebi durante todo o trabalho desenvolvido nesse sábado mais que produtivo. O sentimento que levo desse encontro é de gratidão à Professora Cynthia Molina, aos seus alunos e à FAESA pela oportunidade, entrega e confiança no desenvolvimento de um tema desafiante como esse (gestão de conflitos para liderar equipes), com toda leveza, respeito e responsabilidade que a temática demanda”, destaca Gislene.

A segunda palestrante foi a executiva da Startup capixaba AEVO, Tatina Sobreira. Ela fez um paralelo de como era trabalhar em uma grande empresa (executiva de contas da área de vendas em uma multinacional do ramo siderúrgico) com o momento atual, quando trabalha em uma Startup.

Tatina falou das diferenças de trabalhar em uma empresa mais aberta, menos hierárquica, com uma empresa onde existe proximidade, a comunicação flui e tem mais autonomia. “Ela fez uma apresentação das vantagens e desvantagens de se trabalhar em uma empresa dita como tradicional e em uma empresa que tem a pegada da inovação”, conta a professora.

“A convite da Cynthia conversei com os alunos e compartilhei um pouco da minha história profissional, e a recente transição de carreira que tenho vivenciado desde que saí de uma grande empresa de gestão mais tradicional para trabalhar em uma startup. Essa mudança trouxe muita inspiração, uma vez que uma empresa menor e com uma gestão mais aberta me sinto verdadeiramente parte do processo, participo de decisões, consigo falar e ser ouvida e também consigo ser mais espontânea. Em uma startup, cada colaborador tem muita relevância para o todo, sentimento difícil de perceber em grandes corporações, com seus diversos níveis hierárquicos e onde até executivos tem pouca autonomia. Acredito que ouvir sobre a experiência de uma pessoa aproxima a teoria da prática e colabora para que os alunos observem pontos de vista diferentes, agucem sua percepção e empatia”, conta Tatina.

Cynthia finalizou a aula falando da liderança paradoxal, “hoje não existe mais um líder binário que é isso ou aquilo, ele é isso e aquilo. Usei a fala da Gislene, que é bem comportamental, para apresentar as características necessárias dos gestores para atender as demandas do novo mercado e a da Tatina, para mostrar o paralelo entre a gestão tradicional e uma mais inovadora”.

Texto: Sthefania Rodrigues

Quer conhecer outros cursos que têm a inovação como tema? Então leia:

Pós-FAESA lança dois cursos na área de Educação

Design thinking na prática

Desafie sua carreira, Faça Pós-FAESA!


Notícias Relacionadas