Evento de Licença Prêmio reconhece o trabalho de profissionais que constroem a história da FAESA

O evento, conhecido como decênio, marca os ciclos de 10 anos de trabalho e história na Instituição. Para marcar os ciclos de 10 anos de trabalhos prestados na Instituição por professores e administrativos, a FAESA realizou nas últimas semanas quatro cerimônias.


Publicado em: 11 de dezembro de 2018

Para marcar os ciclos de 10 anos de trabalhos prestados na Instituição por professores e administrativos, a FAESA realizou nas últimas semanas quatro cerimônias. Os eventos de Licença Prêmio, que beneficiam as pessoas que completam os chamados decênios, tem como objetivo reconhecer e premiar essa dedicação.

As cerimônias contaram com as presenças dos homenageados – que completavam dez ou 20 anos de trabalho, seus gestores diretos e o nosso reitor Alexandre Nunes Theodoro, que ressaltou a grande alegria que é estar na FAESA, diariamente, e contar com a dedicação de todos para os desafios que são apresentados. “Quero agradecer a cada um de vocês pela dedicação. Dez anos não são dez dias e eles representam uma parte significativa da vida de todos vocês em favor dessa Instituição, desempenhando o que fazemos de melhor: preparar bem os nossos alunos, que confiam a sua formação a todos nós”, completa o reitor.

Os eventos foram marcados por falas emocionadas, já que todos os participantes relataram um pouco da sua vivência na FAESA. Conheça abaixo os professores e administrativos que receberam a Licença Prêmio nos últimos dias e  confira uma parte dessa história vivida na Instituição.

Sthelinie Carvalho Nunes de Assunção – Engenharias e Computação

“O que mais marcou para mim nesses 10 anos de FAESA foi o aprendizado. Eu aprendi muita coisa aqui, e sinto que preciso sempre estar me atualizando, buscando aprender. A FAESA faz parte da minha vida e a equipe mais próxima conhece a minha família e faz parte da minha história de vida.”

Andreia Dias – Operações

“Eu entrei na FAESA com 22 anos, foi uma grande experiência para mim, desde o primeiro dia. Aumentei minhas perspectivas, o conhecimento do que era a vida. É um prazer trabalhar com as pessoas que estão aqui e eu agradeço por todas as oportunidades que eu tive, desde quando eu era recepcionista. Para mim foi e tem sido muito bom.”

Profa. Elvira Pádua Lovatte – Engenharias e Computação

“Quando cheguei, em 1998, me achava uma garota ainda. Com muita energia, muito animada para trabalhar, e a FAESA sempre reconhecendo o trabalho da gente. A gente consegue trabalhar da forma que acreditamos ser a melhor. Por trabalhar numa instituição em que você gosta, você é feliz trabalhando.”