Gestão da Produção Industrial

Com duração de dois anos e meio, o curso está voltado para a gestão de processos de fabricação, custos industriais e logística industrial.

GESTÃO DA PRODUÇÃO INDUSTRIAL

Cursando Gestão da Produção Industrial na FAESA, uma das dez melhores instituições particulares do país, o aluno amplia oportunidades de inserção no mercado ainda durante a graduação, pois tem a possibilidade de receber três certificações intermediárias antes da efetiva diplomação.

Duração: 2.5 anos
Modalidade: Presencial
Turno: Noturno
Formação: Bacharelado
Regime: Semestral
Mensalidade 2017:
VER MENSALIDADE R$ 704,00
Horário das aulas:

Noturno: 18h45 às 22h.
*Podendo sofrer alterações conforme estrutura curricular.

Reconhecido pela Portaria MEC Nº. 664 de 12 de dezembro de 2013.

creaes


  • O curso
  • Professores
  • Disciplinas
  • Projetos
  • Inovação Pedagógica
  • Diferenciais
  • Certificações

O curso

Este curso superior em tecnologia forma profissionais para atuar nas organizações industriais, buscando a melhoria da qualidade e de sua produtividade, estando aptos a identificar oportunidades de negócios, coordenar equipes de produção, além de atuar no diagnóstico e otimização de fluxos de materiais, com conhecimentos da logística industrial.

É uma formação muito próxima à do engenheiro de produção, contando também na parte curricular com disciplinas das Ciências Exatas.

Com um moderno parque laboratorial, uma política massiva de pesquisa e extensão e uma ampla gama de convênios com as maiores empresas industriais do estado, a FAESA promove a prática da profissão e permite ao aluno consolidar o seu aprendizado, com grande chance de inserção precoce no mercado de trabalho.

COORDENADOR(A)

Prof. José Tasso Aires de Alencar

Mestre

Fale com a coordenação: jose.alencar@faesa.br


  • Área de Atuação
  • Perfil Profissional
  • Mercado de Trabalho

Conhecedor de todas as etapas do processo produtivo, este tecnólogo é um profissional estratégico nas organizações industrias, encontrando espaço de atuação nas seguintes áreas:

Analista de Logística Industrial: podem atuar como gerentes, supervisores e analistas de operações de serviços em empresa de transporte, de comunicação e de logística (armazenagem e distribuição) e suprimentos;

Analista de Operações Industriais: podem atuar como gerentes, supervisores e analistas de produção, operações e manutenção em empresa da indústria extrativa, de transformação e de serviços de utilidade pública;

Analista de Custos Industriais: podem atuar como gerentes, supervisores e analistas de custos, administrativos e financeiros.

Esse tecnólogo atua nas organizações industriais, buscando a melhoria da qualidade e de sua produtividade. É responsável pela identificação e estudo de oportunidades de negócios, coordenação de equipes de produção, diagnóstico e otimização de fluxos de materiais e conhecimentos da logística industrial.

É importante ressaltar que como trata-se de um curso de nível superior, o profissional egresso terá todos os direitos e prerrogativas da sua formação, como a possibilidade de participação em concursos públicos e em cursos de pós-graduação.

Adriano Siqueira Pylro Doutor
Aloísio Fritzen Mestre
Andressa C. Marques Dessaune Mestre
Carlos Alberto Llanes Leyva Doutor
Carlos Eduardo Carneiro de Melo Mestre
Celso Silva Bastos Mestre
Cinthia Cristina Lucio Caliari Mestre
Denise Franzotti Togneri Mestre
Elzimar Eler Luz Mestre
Flora Gomes Machado Mestre
Geraldo Bull da Silva Junior Doutor
Jair Valadares Costa Mestre
Joao Paulo Soares de Barros Doutor
José Guilherme Pelição Pancieri Mestre
José Tasso Aires de Alencar Filho Mestre
Kennedy Scopel Gomes Mestre
Leandro Valoto Mestre
Leonardo Pereira Valadão Lopes Mestre
Liana Almeida de Figueiredo Doutor
Lucia Helena Sagrillo Pimassoni Mestre
Luciano Rubim Franco Especialista
Lúcio Passos Patrocínio Mestre
Manoel Rodrigues Mestre
Marcelo Marcos Barbosa Mestre
Maria da Penha Broédel Lopes Vallim Mestre
Maristela Cola Santolin Mestre
Max Mauro Coser Mestre
Newton Eloi Oliveira de Azevedo Mestre
Newton Valladão Júnior Mestre
Olga Helena Pauletti Tovar Mestre
Osmar Ferreira Gomes Filho Mestre
Osmar Soares Barros Mestre
Pablo Altoé Amorim Mestre
Rodolfo Cola Santolin Mestre
Rodrigo Loureiro Malacarne Mestre
Rogerio Miguel Coelho Mestre
Rosemberg Silva Salles Mestre
Samir Aride Mestre
Sandro Mauro de Carvalho Mestre
Suzi Lara Werner Mestre
Tarcisio Batista Bobbio Mestre
Tiago Tadeu Wirtti Mestre
Vanessa Calixto Siqueira Especialista
Vitor Nunes Rosa Mestre
Warley Teixeira Guimarães Mestre
Wolfgang Enrico Riegert Especialista

1º Período

  • Processos Industriais
  • Sistemas de Produção
  • Projeto Do Produto
  • Sociologia Industrial
  • Matemática
  • Português Instrumental

2º Período

  • SISTEMAS DE GESTÃO INTEGRADA E CERTIFICAÇÕES
  • Melhoria de Processos
  • Gestão Ambiental
  • Ergonomia, Higiene E Segurança do Trabalho
  • Probabilidade e Estatística
  • Gestão de Recursos Humanos

3º Período

  • Logística de Distribuição e Transportes
  • Logística Empresarial
  • Pesquisa Operacional
  • Gestão de Estoques e Armazenagem
  • Tempos E Métodos
  • Estatística Aplicada
  • Projeto Integrado de Logística

4º Período

  • Planejamento e Controle da Produção
  • Gestão da Manutenção
  • Gestão de Projetos
  • Tecnologia e Automação Industrial
  • Estratégia e Análise da Produção
  • Modelagem e Simulação
  • Projeto Integrado de Produção

5º Período

  • Contabilidade Gerencial
  • Custos Industriais
  • Economia Industrial
  • Planejamento Estratégico e Empreendedorismo
  • Matemática Financeira e Análise de Investimentos
  • Optativa
  • Projeto Integrado de Custos Industriais

Baja

Os alunos dos cursos de Engenharia, Comunicação e Psicologia aplicam os conhecimentos adquiridos em sala de aula, com a finalidade de formar uma equipe para projetar e construir um carro de competição. Essa equipe participa todos os anos da competição SAE-BAJA regional e nacional.

Saiba mais sobre o Baja.


A inovação pode ser entendida como um conjunto de intervenções, decisões e processos que, com certo grau de intencionalidade e sistematização, alteram atitudes, culturas, ideias, conteúdos, modelos e práticas.

Aplicando-se este conceito à educação, é pertinente considerar que as inovações pedagógicas buscam novas formas para promoverem a elaboração e a administração do currículo, das relações em sala de aula e do espaço escolar, de forma diferenciada, por meio de uma perspectiva renovadora de programas e projetos, materiais curriculares, estratégias de ensino e aprendizagem, modelos didáticos, visando à construção dos conhecimentos socialmente relevantes, que permitam o desenvolvimento de uma nova formação mais compreensiva e integral dos alunos.

SAIBA MAIS

O Curso de Gestão da Produção Industrial tem a sua disposição laboratórios próprios de informática, materiais, processos de fabricação, oficina mecânica, hidráulica, pneumática, prototipagem, simulação e otimização, que são utilizados em disciplinas práticas e projetos interdisciplinares. Conheças nossos diferenciais:

 

  • Metodologia didática inovadora com resultados positivos para o aprendizado do aluno;
  • Acolhimento ao aluno para que ele não desista nas primeiras dificuldades enfrentadas na trajetória da sua formação, como a oferta de reforço nas aulas de cálculo em horários alternativos ao das aulas;
  • Integração com outros cursos, num campus onde há a diversidade e a troca entre diferentes estudantes e profissionais;
  • Qualidade e comprometimento do corpo docente;
  • Formação global, que dá ao egresso conhecimento técnico necessário para que busque colocação em qualquer empresa do ramo da indústria;
  • Prototipagem rápida com impressora 3D;
  • Projetos de pesquisa, iniciação científica e extensão, ofertados desde o primeiro período;
  • Programa de visitas técnicas multidisciplinares semestrais a empresas e órgãos públicos;
  • Prêmio de Mérito Acadêmico que premia os estudantes com destaque acadêmico;
  • Incentivo ao empreendedorismo e à empregabilidade;
  • Núcleo de Estágio e Emprego faz uma ponte estreita com o mercado.

Confira as certificações que o curso concede:

Ampliando oportunidades de inserção no mercado ainda durante a graduação, os alunos têm a possibilidade de receber três certificações intermediárias antes da efetiva diplomação: Analista de Logística Industrial, Analista de Operações Industriais e Analista de Custos Industriais.

I – Analista de Logística Industrial: após a conclusão dos Módulos A, B e C, tem formação para planejar as atividades operacionais de empresas de armazenamento, distribuição, transportes, comunicações e logística; administrar equipes; gerenciar recursos materiais e financeiros da área; controlar o processo operacional e avaliar seus resultados; providenciar meios para que as atividades sejam desenvolvidas em conformidade com as normas e procedimentos técnicos, de qualidade, segurança, meio ambiente e saúde; buscar novas tecnologias e assessorar setores da empresa; gerenciar equipes de trabalhadores que atuam em processos de compra, armazenagem e movimentação de matérias-primas, materiais indiretos, equipamentos, insumos e serviços em empresas industriais, comerciais e de serviços.

II – Analista de Operações Industriais: após a conclusão dos Módulos A, B e D, tem formação para exercer o gerenciamento de produção nas indústrias de transformação e extração mineral; definir e implementar o plano operacional, analisando a demanda de produtos, a capacidade produtiva e recursos auxiliares, elaborando plano de racionalização e redução de custos, e plano de investimentos; planejar a produção, programando mão de obra e paradas ou intervenções em máquinas, equipamentos e instrumentos industriais; gerenciar equipes de trabalho, administrando salários, admissões, demissões, promoções e promovendo o desenvolvimento das equipes por meio de cursos e treinamentos; assegurar e promover o cumprimento das ações de proteção ao meio ambiente e também pelas normas de higiene e segurança no trabalho, por meio de orientações às suas equipes; gerenciar as atividades de manutenção, reparação e reformas de instalações e equipamentos em empresas industriais; definir e otimizar os meios e os métodos de manutenção e aperfeiçoar o desempenho das instalações produtivas em termos de custos e taxas de utilização dos equipamentos.

III – Analista de Custos Industriais: após a conclusão dos Módulos A, B e E, tem formação para exercer serviços administrativos, de operações financeiras e de riscos em empresas industriais, comerciais, agrícolas ou de serviço; planejar, dirigir e controlar os recursos e as atividades de uma organização, com objetivo de minimizar o impacto financeiro da materialização dos riscos.

Uma vez concluído o curso de Tecnólogo em Gestão da Produção Industrial, o profissional poderá ingressar no curso de Engenharia de Produção e obter nova diplomação com mais três anos e meio de complementação de estudos.