Engenharia de Computação

Excelente infraestrutura e parcerias com empresas de Tecnologia da Informação e Inovação de alcance global, preparam o aluno para um mercado em constante mudança.

ENGENHARIA DE COMPUTAÇÃO

Formação global alinhada às exigências do mercado, professores altamente qualificados, metodologia de ensino inovadora que potencializa o aprendizado em um ambiente tecnológico moderno, parque de laboratórios que permite a integração entre os cursos de engenharia e diversas parceiros locais e globais como SINDINFO, TecVitória, ISH, Microsoft, IBM, Oracle e SAP fazem a excelência deste curso.

Duração: 5 anos
Modalidade: Presencial
Turno: Matutino e Noturno
Formação: Bacharelado
Regime: Semestral
Mensalidade 2017:
VER MENSALIDADE R$ 1355,00
Horário das aulas:

Matutino: 7h às 10h20 – Noturno: 18h45 às 22h.
*Podendo sofrer alterações conforme estrutura curricular.

Reconhecido pela Portaria MEC Nº. 26 de 11 de fevereiro de 2016.

parceiros_2


  • O curso
  • Professores
  • Disciplinas
  • Projetos
  • Diferenciais
  • Parcerias

O curso

Este curso tem como objetivo preparar engenheiros para atuarem nas áreas de hardware e software. O profissional desenvolve projetos e constrói componentes de software e hardware, implanta equipamentos de rede, apoio à sistemas de comunicação e automação e identifica novas tecnologias para aperfeiçoar os sistemas computacionais.

O Engenheiro de Computação é requisitado para desenvolver softwares que auxiliam no funcionamento das empresas e nos processos de produção na indústria. São capazes também de projetar e integrar sistemas e subsistemas embarcados em dispositivos como desktops, notebooks, telefones celulares, tablets, dispositivos robóticos e equipamentos computacionais.

Com a preocupação de formar um aluno capacitado para atuar no mercado global, o curso de Engenharia da Computação conta com ótima infraestrutura para o desenvolvimento de projetos e atividades nas áreas de concepção de componentes, sistemas embarcados e computacionais, comunicação de dados e automação industrial apoiada por computadores, e buscam aproximação com grandes empresas de tecnologia a fim de desenvolver projetos que coloquem o aluno em contato com a realidade e a dinâmica do mercado.

COORDENADOR(A)

Prof. Rober Marcone Rosi

Mestre

Fale com a coordenação: rober.marcone@faesa.br


  • Área de Atuação
  • Perfil Profissional
  • Mercado de Trabalho

A atuação do profissional de engenharia da computação se dá na indústria, projetando e implementando sistemas de controle digital ou analógico, sistemas computacionais de apoio à manufatura, a hardwares e a softwares para instrumentação ou acionamentos; nas instituições financeiras, trabalhando no controle e processamento de operações financeiras, sistemas de apoio ao investimento ou, ainda, gerenciando ou participando de equipes de profissionais de centros de processamento de dados e comércio e no setor de serviços, onde atua como consultor na área de análise e implementação de sistemas.

A atuação desse profissional está na interface entre a Engenharia e a Ciência da Computação, opera na modelagem matemática dos sistemas, exercendo um pensamento analítico para promover soluções de hardware e de estruturas de TI e lida diretamente com a Tecnologia da Informação no que diz respeito a infraestrutura de projetos de redes e no seu gerenciamento e monitoramento. Atua também nas áreas de convergência entre os sistemas de telecomunicações e os sistemas computacionais.

O engenheiro de computação atua na concepção e desenvolvimento de componentes de software e hardware, além de integrar sistemas de hardware de modo a construir sistemas digitais (componentes e sistemas embarcados) para aplicações na indústria automobilística, eletroeletrônica, área médica, automação de escritório, robótica, controle de sistemas e equipamentos de redes de computadores.

É um profissional com formação plena em Engenharia, preparado em assuntos de Computação para especificar, conceber, desenvolver, implementar, adaptar, produzir, industrializar, instalar e manter sistemas computacionais, bem como perfazer a integração de recursos físicos e lógicos necessários para o atendimento das necessidades informacionais, computacionais e da automação de organizações em geral.

Este profissional deve ter uma sólida formação que o capacite a absorver e desenvolver novas tecnologias, estimulando a sua atuação crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos político-econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade.

A automatização e a informatização criam uma vantagem competitiva para indústrias e empresas, o que torna esse profissional requisitado pelo mercado, uma vez que está qualificado para exercer um pensamento analítico e pode prover soluções na área de Tecnologia da Informação e Inovação, que abrange todos os setores produtivos.

Com a informática inserida em todas as atividades humanas (aplicações pessoais, comerciais e industriais) e sendo imprescindível em qualquer ramo, das pequenas empresas de serviços às grandes indústrias, o mercado de trabalho para engenheiros de computação é vasto e está em constante expansão.

Aloísio Fritzen Mestre
Andressa C. Marques Dessaune Mestre
Anna Claudia Aquino dos Santos Mestre
Arnaldo Paterline Togneri Mestre
Celso Silva Bastos Mestre
Cinthia Cristina Lucio Caliari Mestre
Daniel Barbosa de Oliveira Mestre
Danilo de Paula e Silva Mestre
Denise Franzotti Togneri Mestre
Eliana Caus Sampaio Mestre
Elzimar Eler Luz Mestre
Getulio Vargas Loureiro Doutor
Gilberto Neves Sudré Especialista
Gustavo Lobo Veríssimo Especialista
Henrique Hamerski Mestre
Jair Valadares Costa Mestre
José Luiz Siqueira Especialista
José Tasso Aires de Alencar Filho Mestre
Leonardo Pereira Valadão Lopes Mestre
Manoel Rodrigues Mestre
Marcelo Marcos Barbosa Mestre
Maria de Lourdes Fonseca Uyttenhove Especialista
Mauricio Fonseca Filho Mestre
Olga Helena Pauletti Tovar Mestre
Osmar Soares Barros Mestre
Otávio Lube dos Santos Mestre
Pablo Altoé Amorim Mestre
Rafael Paoliello Guimarães Doutor
Renata Cristina Laranja Leite Mestre
Rogerio Miguel Coelho Mestre
Samir Aride Mestre
Tiago Tadeu Wirtti Mestre
Warley Teixeira Guimarães Mestre

1º Período

  • Cálculo I
  • Gerência de Projetos
  • Organização do Trabalho Científico
  • Desenho Técnico
  • Introdução à Engenharia
  • Ciências do Ambiente

2º Período

  • Cálculo II
  • Física I
  • Física Experimental I
  • Sociologia
  • Técnicas de Programação I
  • Circuitos Digitais

3º Período

  • Cálculo III
  • Técnicas de Programação II
  • Física II
  • Física Experimental II
  • Álgebra Linear e Geometria Analítica
  • Gestão Estratégica e Empreendedorismo

4º Período

  • Química Geral
  • Estrutura de Dados
  • CIRCUITOS ELÉTRICOS I
  • FÍSICA III (ELETRICIDADE APLICADA)
  • Física Experimental III
  • Equações Diferenciais

5º Período

  • Arquitetura de Computadores
  • Pesquisa e Ordenação
  • ELETRÔNICA BÁSICA I
  • Linguagem de Programação
  • Probabilidade e Estatística

6º Período

  • Sistemas Operacionais
  • Ciência e Tecnologia dos Materiais
  • SISTEMAS DE COMUNICAÇÃO I
  • ELETRÔNICA BÁSICA II
  • Engenharia de Software

7º Período

  • Fenômenos de Transporte
  • SISTEMAS DE COMUNICAÇÃO II
  • Resistência dos Materiais
  • ELETROMAGNETISMO
  • Bancos de Dados

8º Período

  • PROCESSAMENTO DIGITAL DE SINAIS
  • SISTEMAS EMBARCADOS I
  • Computação Gráfica
  • Cálculo Numérico
  • Linguagens Formais e Autômatos
  • Projeto do Trabalho de Conclusão de Curso

9º Período

  • Compiladores
  • PROCESSOS ESTOCÁSTICOS E SIMULAÇÃO
  • Optativa I
  • SISTEMAS EMBARCADOS II
  • Complexidade de Algoritmos

10º Período

  • MODELAGEM DE PROCESSOS E SISTEMAS DE QUALIDADE
  • Direito Aplicado
  • Optativa II
  • Redes Industriais
  • Economia
  • Trabalho de Conclusão de Curso

Optativas

  • CONTROLE AUTOMÁTICO II
  • CONTROLE AUTOMÁTICO I
  • Infraestrutura e Projetos De Redes (Cabeamento Estruturado)
  • Redes de Software Livre
  • Segurança de Redes
  • Governança de TI
  • Redes Proprietárias
  • Gerência de Redes
  • MECATRÔNICA

Centro de Inovação Microsoft – MIC

O Centro de Inovação Microsoft-FAESA (MIC/FAESA), único no Espírito Santo, é resultado de uma parceria firmada entre a Microsoft, FAESA e a Prosperi. Essa unidade de desenvolvimento busca promover a qualificação de organizações, de profissionais e de estudantes, por meio de mecanismos que fomentem o uso eficiente e inovador de Tecnologias da Informação (TI) no Espírito Santo.

O MIC/FAESA atende estudantes, facilitando sua inserção no mercado de trabalho; empreendedores, fomentando a criação e o desenvolvimento de empresas inovadoras na área de TI; empresas consolidadas que buscam a capacitação de seus profissionais ou a aplicação de novas tecnologias.

Seus principais objetivos são:

  • ­acelerar o uso de novas tecnologias no país;
  • fomentar a indústria nacional de software e elevar a competitividade desse segmento no cenário internacional;
  • ­estimular o ecossistema empreendedor criando um ambiente favorável para o desenvolvimento de startups.
  • capacitar os alunos e prepará-los para o mercado de trabalho.

Saiba mais sobre o MIC.


SAP University Alliances

Um programa global do qual participam mais de 2.400 instituições em mais de 90 países, que visa a formulação do futuro do ensino superior. O programa permite que estudantes e professores tenham contato com as mais recentes tecnologias SAP e possibilita que as universidades e escolas vocacionais integrem software SAP em seu ensino, por meio de parceria para criar competências tecnológicas.


IBM Academic Initiative

É um programa de aprimoramento técnico e de acesso gratuito com o apoio de ferramentas, softwares IBM, materiais didáticos e incentivo a certificações.

O programa oferece um amplo portfólio de produtos e soluções IBM que auxilia o professor e o aluno no desenvolvimento de conteúdo teórico e prático, contribuindo, assim, na formação de habilidades sobre as mais recentes tecnologias demandadas pelo mercado.


Oracle Academy

A associação ao Oracle Academy oferece aos alunos e professores acesso à tecnologia de classe mundial, agregando conhecimentos e habilidades relevantes para a inserção dos estudantes no mercado de trabalho e, consequentemente, ampliando sua empregabilidade. Podemos afirmar que a Oracle Academy oferece um complemento da formação obtida em nossos cursos de graduação da área de computação.

Os alunos podem ter acesso a conteúdo tecnológico, obter certificações internacionais e participar de cursos e workshops. Já os professores são beneficiados com material didático, treinamentos e a possibilidade de atualização do conhecimento tecnológico.


Radar de Talentos

Tem o objetivo de propiciar ao aluno FAESA a inserção no mercado de trabalho através de cursos gratuitos oferecidos por grandes empresas, onde os alunos têm contato com conteúdos atualizados da sua área de conhecimento, o que permite a formação de uma rede de relacionamentos profissionais e uma formação diferenciada para atender as exigências do mercado de trabalho.

Saiba mais sobre o Radar de Talentos.


Baja

Os alunos dos cursos de Engenharia, Comunicação e Psicologia aplicam os conhecimentos adquiridos em sala de aula, com a finalidade de formar uma equipe para projetar e construir um carro de competição. Essa equipe participa todos os anos da competição SAE-BAJA regional e nacional.

Saiba mais sobre o Baja.


Vivência Profissional

Desenvolvido em parceria com importantes empresas, propicia ao aluno FAESA a vivência e a sua inserção no mercado de trabalho, enriquecendo o currículo, visando a empregabilidade e o empreendedorismo.

Saiba mais sobre a Vivência Profissional.


O curso apresenta excelente infraestrutura para o desenvolvimento das atividades nas áreas de aplicação de sistemas digitais, sistemas embarcados, sistemas computacionais, comunicação de dados e automação industrial apoiada por computadores, com laboratórios modernos e equipados com alto padrão tecnológico.
São disponibilizados diversos laboratórios de informática equipados com tecnologia moderna, laboratórios de Circuitos Elétricos e Digitais, Eletrônica Analógica e Digital, Redes de Computadores, Resistência dos Materiais, Fenômenos de Transporte, Química Geral, Fábrica Modelo e Casa Modelo para uso das disciplinas ligadas ao curso de Engenharia da Computação. A biblioteca da FAESA dispõe de amplo acervo, com constante atualização e acesso permanente à uma Biblioteca Virtual, constituída de um acervo digital de milhares de títulos nas áreas tecnológicas de engenharia.

ISA – International Society of Automation – é uma entidade internacional, sem fins lucrativos, que congrega cerca de 30.000 profissionais envolvidos diretamente ou indiretamente com automação, instrumentação e sistemas de controle. Seu objetivo é desenvolver e estimular as iniciativas relacionadas com a teoria, o projeto e a produção, com a utilização de instrumentação, computadores e sistemas de medição, aplicados no controle e automação industrial nos vários ramos científicos e tecnológicos, além de maximizar o valor do trabalho dos profissionais em suas áreas de abrangência. A FAESA mantém estreita colaboração com a ISA seção Espírito Santo através da oferta de cursos e palestras nas suas dependências.

 

ABRAMTI – Associação Brasileira de Melhoria em TI – é uma organização sem fins lucrativos, cuja missão é incentivar e propiciar as melhores técnicas e práticas de: Testes de Software, Homologações de Sistemas, Melhorias de Processo de TI, Engenharia de Requisitos e Qualidade de Software. A FAESA mantém estreita colaboração com a ABRAMTI, incentivando os seus estudantes a acompanhar a evolução das suas iniciativas e a participar das suas atividades.

 

Microsoft Microsoft Innovation Center – O Centro de Inovação Microsoft-FAESA (MIC/FAESA) é resultado de uma parceria firmada entre a Microsoft e a FAESA. Essa unidade de desenvolvimento busca promover a qualificação de organizações, de profissionais e estudantes, por meio de mecanismos que fomentem o uso eficiente e inovador de Tecnologias da Informação (TI). O MIC/FAESA atende estudantes, facilitando sua inserção no mercado de trabalho; empreendedores, fomentando a criação e o desenvolvimento de empresas inovadoras na área de TI; empresas consolidadas que buscam a capacitação de seus profissionais ou a aplicação de novas tecnologias. Como suas principais atividades são destaque cursos e capacitações em tecnologias Microsoft, ações focadas na área de empreendedorismo, análise de Programa Aplicativo Fiscal e Emissor de Cupom Fiscal, projetos de desenvolvimento dentre outros.

 

IBM (Programa IBM Academic Initiative) – é um programa colaborativo e gratuito da IBM focado em ampliar o conhecimento de educadores, professores e pesquisadores do mundo todo. Trata-se de um programa de aprimoramento técnico e de acesso gratuito com o apoio de ferramentas, softwares IBM, equipamentos, materiais didáticos e incentivo às certificações, destinado a professores, pesquisadores e membros acadêmicos de Instituições de Ensino de Nível Médio e Superior e Institutos de Pesquisa sem fins lucrativos. O IBM Academic Initiative oferece um amplo portfólio de produtos e soluções IBM que auxiliam o professor no desenvolvimento de conteúdo teórico e prático, contribuindo assim, na formação de habilidades sobre as mais recentes tecnologias demandadas pelo mercado.

 

Oracle (Oracle Academy) – O programa desenvolve a educação em ciência da computação em todo o mundo para estimular o conhecimento, a inovação, o desenvolvimento de habilidades e a diversidade nos campos da tecnologia. Estudantes e educadores, que são membros do Oracle Academy, têm acesso a tecnologias de primeiro nível, materiais didáticos desenvolvidos por especialistas, treinamentos e outros recursos que ajudam a aprimorar os conhecimentos nas áreas da ciência da computação e, suas habilidades críticas para o crescimento econômico mundial e o sucesso profissional em todas as indústrias.

A cada ano, o Oracle Academy chega a mais de 2,5 milhões de estudantes em mais de 100 países. FAESA agora é membro institucional da Oracle Academy, uma instituição educacional que fornece recursos de aprendizado em tecnologia mundialmente reconhecida. Com a parceria, estudantes e professores da área de Tecnologia da Informação e Inovação poderão usufruir de diferentes benefícios.

Os alunos poderão ter acesso a conteúdo tecnológico, obter certificações internacionais e participar de cursos e workshops. Já os professores são beneficiados com material didático, treinamentos e a possibilidade de atualização do conhecimento.

SAP University Alliances – é um programa global da SAP, multinacional alemã que oferece soluções de softwares de gestão empresarial, busca difundir conhecimento de tecnologia aos professores e alunos da instituição através de convênios com instituições de ensino. A FAESA está associada neste programa e recebe material teórico, demonstrações de softwares, participa de webconferências e áudio conferência, bem como possui acesso à comunidade dos membros globais do University Alliances, eventos, competições e plataformas de aprendizagem.