AVALIAçãO INSTITUCIONAL

O “Programa de Avaliação Institucional – PAI” da FAESA representa a proposta coletiva na busca de ampliar a compreensão sobre os desafios da instituição, objetivando o constante processo de melhoria da qualidade da oferta educacional. Nesse sentido, a Autoavaliação da FAESA pretende promover a melhoria das condições educacionais por meio da efetiva participação da comunidade acadêmica e da sociedade civil organizada, bem como atender aos dispositivos legais.

A avaliação e o acompanhamento do desenvolvimento institucional aferirão o nível de consecução dos objetivos institucionais, desde os estratégicos até os operacionais, bem como a eficiência dos processos e das relações e a eficácia dos resultados. As informações dele decorrentes constituirão bases para reavaliação do Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI.

Assim, pelo seu caráter formativo, o PAI tem como princípio básico a possibilidade de reorientar processos e de promover a melhoria dos seus resultados, visando subsidiar e garantir o atendimento à proposta de valor institucional: acolhimento, qualidade e empregabilidade/empreendedorismo, nos contextos interno e externo.

Na avaliação do contexto externo são considerados os cenários e tendências das áreas ofertadas pela instituição, os cenários e tendências do mercado de trabalho, a pesquisa com o aluno egresso e a avaliação pelos segmentos representativos da comunidade. No contexto interno, envolve todos os atores da comunidade acadêmica, com a finalidade de promover a melhoria contínua dos resultados aferidos pela Instituição, constituindo a base da gestão acadêmica, na perspectiva da qualidade, e um marco balizador do cumprimento dos compromissos assumidos pela missão, visão e valores institucionais.

De acordo com o Sistema Nacional de Avaliação de Educação Superior -SINAES, instituído pela Lei nº 10.861 de 14/04/2004, a coordenação do processo de autoavaliação compete à Comissão Própria de Avaliação – CPA.

No âmbito da FAESA, a CPA tem autonomia funcional e tem como principais atribuições:
•    conduzir os processos necessários à realização da autoavaliação institucional; analisar, sistematizar e divulgar os resultados; e
•    propor intervenções conforme as informações consignadas nos relatórios.

A CPA é constituída por dois representantes de cada segmento da comunidade acadêmica (corpo docente, corpo discente, corpo técnico–administrativo) e da sociedade civil organizada. Dentre os membros da CPA são instituídos o Coordenador e o Secretário. A CPA conta, ainda, com a consultoria da Procuradora Institucional (PI).

Avaliação de Cursos

A Avaliação dos Cursos é realizada analisando-se quatro dimensões:

  1. Organização Didático-Pedagógica;
  2. Perfil do Corpo Docente;
  3. Instalações físicas;
  4. ENADE e CPC.

Em síntese, o PAI visa obter conclusões a respeito das práticas educacionais e da gestão acadêmica vigente e de sua problemática, dando-se particular ênfase às questões da efetividade do ensino, pesquisa e extensão. Essas conclusões deverão gerar alternativas de soluções, percebidas como mais adequadas, visando concorrer, inclusive para a revisão das diretrizes e políticas institucionais.

Avaliação Institucional
Contatos

Telefone: (27) 2122-4113
E-mail: [email protected]

PERGUNTAS FREQUENTES