Como exercitar a criatividade no seu dia a dia?


Publicado em: 19 de novembro de 2018

No mês de novembro é comemorado o Dia da Criatividade (17/11). Tudo bem, a gente sabe que hoje em dia tem data para quase tudo; mas esse é o link perfeito para tratar de uma necessidade muito atual: é preciso abandonar a ideia de que só algumas pessoas “nasceram para ser criativas” e, para todas as outras cujo dom não foi recebido, não resta outra opção senão trabalhar em profissões automatizadas e que pouco exercitam a imaginação.

Apesar de o senso comum caminhar para a compreensão de que a criatividade é uma aptidão nata, pesquisas recentes comprovam o contrário. Um estudo feito pelas instituições Harvard e Insead, por exemplo, apontou que a criatividade é, na verdade, 85% uma habilidade aprendida¹. Ou seja, boa parte do potencial criativo de grandes mentes inventivas e capazes de trazer soluções inovadoras, vem, na verdade, muito mais a partir do esforço e do trabalho de expansão da criatividade que de alguma espécie de inspiração milagrosa.

De fato, o pensamento criativo engloba processos cognitivos, caminhos neurais e emoções ainda difíceis de descrever pela ciência, por vezes bem diferentes do processo “natural” de um pensamento comum. Está explicado por que pode ser tão complexo definir a criatividade. Algumas das análises mais recentes sobre o tema² consideram-na como uma prática relacionada, basicamente, à conexão de pontos: juntar insights de contextos e fontes espalhadas para aplicar em algo novo, diferente. É nesse sentido que se vê como a criatividade diz respeito a uma prática e como um “perfil criativo” pode ser construído e aplicado a praticamente todas as situações do cotidiano, tanto no sentido profissional quanto pessoal. 

Para o professor de Publicidade e Propaganda da FAESA Victor Mazzei, há algumas habilidades comuns ao criativo, relacionadas principalmente à inquietação diante de problemas. “O verdadeiro criativo é inquieto, não se acomoda e nem se intimida diante dos obstáculos que terá que enfrentar. Para ele, criar é mais que uma prática; é a sua maneira de se expressar com os outros. É uma forma de conciliar uma vontade extrema de gerar soluções inéditas, que até aquele momento não haviam sido materializadas”, analisa.

Inquietude, curiosidade, disposição, esforço… Consegue perceber como todas essas características têm aplicabilidade muito mais ampla que apenas nas profissões tidas comumente como as “criativas”? Seja qual for a área de atuação escolhida, é muito provável que a rotina de trabalho inclua com frequência a necessidade de lidar com situações em que é preciso encontrar uma saída para um conflito, facilitar algum processo que esteja apresentando falhas ou ainda descobrir uma maneira de integrar diversas necessidades ao mesmo tempo. Manter o exercício da criatividade em dia é uma maneira excelente de conseguir aplicar boas soluções em momentos como esses. Mas quem deseja garantir um bom repertório para inovar e ser criativo precisa dedicar tempo e energia diários, exercitando diversas capacidades correlatas. Algumas atividades relacionadas são:

Questionar e desafiar-se, sempre. Conforme aponta Victor Mazzei, “tudo pode estar caminhando bem aos olhos da grande maioria, mas se o criativo perceber uma situação em que seu talento deve ser aplicado, ele não vai sossegar: passará a remexer em seu repertório cultural, conectando todo tipo de informação possível”;

Observar tudo à volta num nível mais profundo. O olhar atento traz insights e abre a compreensão para o que todos geralmente deixam passar;

Fazer networking, no sentido de construir pontes com pessoas de contextos diversos. É preciso sair da zona de conforto para conhecer diferentes realidades e âmbitos aos quais não está acostumado, para ampliar a compreensão de mundo;

Dedicar também um tempo à distração. Muitas vezes, o esforço demasiado para criar acaba por esgotar as reservas disponíveis, e não adianta forçar nessas circunstâncias;

Não ter medo de errar, já que o processo criativo nada mais é que um processo de tentativa e erro, em boa parte das vezes.

Seja qual for a carreira escolhida ou o estilo de vida, pensar criativamente abrirá portas para uma vida mais prática e ainda ajudará no sucesso profissional, já que essa é uma característica cada vez mais buscada no mercado. Se jogue!

¹Fast Company

²Keep Learning School