Alunos de Ciências Biológicas participam de congresso sobre genética

O encontro reunirá especialistas de renome internacional que irão apresentar os recentes avanços na área, entre eles, a professora Ada E. Yonath, Prêmio Nobel de Química de 2009


Publicado em: 11 de setembro de 2017

Profª Ana Carolina com os alunos

Um grupo de alunos e uma professora do curso de Ciências Biológicas irão participar da 63ª edição do Congresso Genética, que acontece de 12 a 15 de setembro, em Águas de Lindoia, São Paulo.

O evento, que é organizado pela Sociedade Brasileira de Genética, terá como tema “Coding and noncoding DNA”. O encontro reunirá especialistas de renome internacional, que irão apresentar os recentes avanços na área, entre eles, a professora Ada E. Yonath, Prêmio Nobel de Química de 2009. Os participantes irão se beneficiar de simpósios e conferências técnicas e científicas abrangendo diferentes aspectos desse tema.

Após passar por uma rigorosa seleção, a egressa Samara Cão Paixão e mais sete estudantes: Paulo Henrique Silvares, Mirielson Loures, Gisele Alves, Pauline Ariel Rosa, Cristisandra Silva, Jessica Nepomuceno e Amanda Paterlini tiveram 10 resumos aceitos e farão 14 apresentações no congresso, entre elas:

Contação de histórias: História do cloroplasto

Varal poético da Genética: a música e a poesia na sala de aula.

Para a professora da FAESA, Ana Carolina Simões Ramos, que é a única representante do Espírito Santo na diretoria da Sociedade Brasileira de Genética, participar de um evento como o Genética é importante para divulgação das pesquisas realizadas na FAESA, pois promove a Instituição e o curso de Ciências Biológicas em entre pesquisadores nacionais e Internacionais.

Depoimentos:

Metodologias ativas

Mirielson Loures da Silva, 6º período de Ciências Biológicas.

“Há um tempo atrás gravei um depoimento onde dizia o quão grato estivera por ter escolhido cursar Ciências Biológicas na FAESA. Hoje ratifico a fala anterior. O apoio nos dados, a prioridade, primeiro pela professora Ana Carolina posteriormente pela Instituição, fora de suma importância para que nossos trabalhos fossem realizados com qualidade e isso permitiu que os mesmos fossem aceitos pela Sociedade Brasileira de Genética (SBG). Nos trabalhos submetidos, abordamos metodologias ativas que tornam os alunos protagonistas do processo de ensino e aprendizagem, num contexto lúdico e acessível, onde buscamos conciliar a Arte com a Ciência.”

Contato com a comunidades

Paulo Henrique do Santo Silvares, 6º período de Ciências Biológicas.

“Acredito que participar de um congresso é muito mais do que simplesmente ir a um lugar e ouvir palestrantes. Um congresso enriquece e atualiza o conhecimento na profissão que nós, futuros biólogos, queremos estar. Nesse congresso, teremos a oportunidade de levar diversos trabalhos e apresenta-los à comunidade científica, nos tornando parte dela como pesquisadores ativos. No evento, teremos contato com profissionais das áreas nas quais queremos seguir e isso fortalece o networking e abre alas para futuras parcerias. Experiências como essas marcam sua vida pessoal e acadêmica.”

Texto: Nathália Esteves

Fotos: Acervo professora