Aluno FAESA: saiba como concorrer a uma bolsa de apoio da FAPES ao seu TCC

Alunos matriculados no penúltimo ou último período podem participar


Publicado em: 11 de abril de 2019

O processo de desenvolvimento de um TCC é uma etapa importante e de muito aprendizado para os graduandos, mas requer dos estudantes entrega e, muitas vezes, gastos econômicos para as pesquisas.

Quem tem interesse em receber uma bolsa para realizar sua pesquisa para o TCC e possui projeto voltado ao empreendedorismo e à inovação, ou disposição para alinhá-lo ao tema, fique atento porque a FAESA pode te dar uma forcinha para concorrer a uma das bolsas da FAPES.

A Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) lançou o Edital 01/2019 para seleção de trabalhos de conclusão de curso que apresentem soluções de empreendedorismo e inovação.

Serão destinados R$ 800 mil para dois processos de seleção, que vão contemplar 200 bolsistas em cada etapa. As inscrições para primeira estão abertas até o dia 26 de abril.

O valor da bolsa é de R$ 400,00 (quatrocentos reais) mensais, com duração de, no mínimo, 02 (dois) meses ou, no máximo, 05 (cinco) meses. Fique atento ao passo a passo resumido que preparamos para você, confira o edital e compareça à FAESA na próxima segunda (15/04), no Campus Vitória, das 20h30 às 22h, sala 421, para ouvir as dicas do professor Henrique Hamerski. Estamos torcendo por você!

 O que você precisa para montar um projeto vencedor

1 – Ser aluno de graduação, cursando o penúltimo ou último semestre e estar devidamente matriculado na disciplina de Projeto de TCC, com orientador definido;

2 – Assistir ao vídeo aula FAESA sobre canvas;

4 – Montar um canvas;

5 – Comparecer à aula tira-dúvidas no dia 15/04, no Campus Vitória, das 20h30 às 22h, na sala 421, com o professor Henrique Hamerski, que vai preparar você para a construção da sua proposta;

6 – Submeter uma proposta à FAPES, através do Sistema de Informação e Gestão da FAPES – SIGFAPES, que contenha: Potencial inovador; Potencial de mercado; Estágio de desenvolvimento, pesquisas realizadas, entre outros; Aderência ao Plano Estratégico do ES 2030 (ou outro que vier a substituí-lo); Experiência do Orientador na área fim do projeto.

Qualquer dúvida, entre em contato com o Centro de Pesquisa e Extensão da FAESA (CEPE), pelo email [email protected]